JOAQUIM

Livros & Discos

Godard e Jefferson Airplane

Já dizem os saudosistas que poucas coisas que aconteceram na década de 60 podem se repetir hoje ou num futuro próximo. Imaginem vocês, lá pelos idos de 1968, o auge da psicodelia, das campanhas anti-guerra e em favor da paz, o flower power de um lado e do outro na Europa a cultura local em busca de uma identidade própria criticando o mundo através do cinema. Vocês conseguem juntar esses dois momentos em um só? Pois nós, sim!

Em plena Manhattan, em Nova York, a banda Jefferson Airplane decidiu que faria uma performance no terraço de um prédio no conhecido bairro. Na época, afirmaram que ¨era mais barato fazer essa performance e ir para a cadeia do que contratar um assessor de imprensa¨ disse o vocalista Grace Slick. Mas mal sabiam que alguém, em um prédio do outro lado da rua, estava filmando a apresentação da banda, ninguém menos que Jean-Luc Godard.

jefferson_airplane

a banda Jefferson Airplane

O cineasta francês já era conhecido pelo mundo afora por ser um dos precursores do movimento cinematográfico Nouvelle Vague e por dirigido filmes com os dois pés na polêmica e em busca de um estilo próprio. O vídeo, que depois virou famoso no youtube, mostra muito bem a fase que Godard vivia naquela época com muitos zoom in e out e um manuseio de câmera que quase beirava ao amadorismo. Bobagem afirmar isso, o cineasta nesse momento queria mesmo era ter plena consciência do que uma câmera era capaz e que grande experiência seria fazer isso com uma banda que vivia uma ótima fase.

A execução de The House at Pooneil Corners fica mais interessante ainda vista pelas lentes de Godard. Com uma vocação de um grande diretor de videoclipes (lembrando que eles não existiam oficialmente) ele dá um ar de dramaticidade incrível aos músicos mesclando com cenas das pessoas pelas janelas dos prédios, sacadas e nas ruas, todas realmente impressionadas com aquele show ao ar livre. Com certeza, um marco do encontro de dois movimentos, ambos querendo ousar e nós realmente gostamos disso.

Quer conhecer mais ainda sobre o Godard? Temos na Joaquim o excelente (e raro) o Introdução a uma verdadeira história do Cinema (Martins Fontes), um conjunto de transcrições das palestras do cineasta para alunos do Conservatório de Arte Cinematográfica de Montreal em que ele discorre uma relação dos seus filmes com os que formaram a sua identidade dinematográfica.

E para os fãs da clássica banda Jefferson Airplane temos vinis novos e usados, segue a lista embaixo:

Bark (1971) Usado

Takes off (1966) Novo

Surrealistic Pillow (1967) Novo

Jefferson Airplane (1989) Reunion – Usado

Anúncios

Navegação de Post Único

Uma opinião sobre “Godard e Jefferson Airplane

  1. Pingback: Terceira Feira do Bolachão, em Curitiba « JOAQUIM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: