JOAQUIM

Livros & Discos

Mitar Subotić, ou simplesmente Suba

suba_02_1280015637

Tudo Tanto, álbum de Bebel Gilberto que saiu por aqui em 2000, inaugurou um gênero que ficou conhecido como bossa eletrônica e que logo ganhou a cena internacional.  Bebel contou com a produção de uma figura essencial nos anos 90 no quesito experimentação e música brasileira, o sérvio radicado no Brasil, Mitar Subotić.

DSC06102

DSC06099

Suba+Mitar+SuboticSubotić, mais conhecido como Suba, foi uma das cabeças da criação de uma nova identidade da música brasileira que influencia as produções até hoje. Suba veio ao país com um ótimo currículo musical, nos anos 80 foi responsável pela sonoridade como produtor de boa parte das bandas de new wave da Iugoslávia. Com pesquisas sobre canções tipicas do país somadas à experimentações eletrônicas, foi parar em Paris onde desenvolveu maior interesse em música eletroacústica e com o artista Goran Vejvoda gravou “The Dreambird, in the Mooncage” que trazia a bela junção do canto dos pássaros de Madagascar, canções de ninar típicas da Sérvia e arranjos eletrônicos. A UNESCO premiou o trabalho por promover a cultura tradicional da Sérvia dando a Suba o direito de escolher qualquer lugar do mundo em que pudesse continuar seu trabalho, e ele apontou para o Brasil.

Suba acabou se tornando um dos mais conceituados produtores musicais no Brasil na década de 90, apaixonado pela cultura do país e pelos ritmos que o inspiravam a criar. Morre em São Paulo em 1999 tentando salvar o material do estúdio/apartamento que estava pegando fogo. O artista estava há apenas dois dias do lançamento do álbum “São Paulo Confessions”, que saiu postumamente e é considerado um dos trabalhos mais criativos e inovadores da época.

DSC06106

Mas não só com Bebel Gilberto que Suba construiu seu currículo em terras brasileiras. Antes, já tinha produzido Marina Lima, Arnaldo Antunes, Mestre Ambrósio, Edgard Scandurra, Hermeto Pascoal e preparava novas parcerias com como Daniela Mercury e Skank. Em apenas 10 anos construiu uma sólida e respeitada carreira como artísta e produtor no Brasil, participando de inumeros projetos.

Antes do álbum “São Paulo Confessions” Suba colaborou no projeto Angel’s Breath que reuniu músicos brasileiros combinados com bandas de rock alternativo e música tradicional dos Balcãs. O trabalho foi bem recebido pela crítica. Abaixo, você pode ouvir duas músicas do projeto, ambas foram faixas de maior destaque do trabalho.

Mesmo com sua morte prematura em 99, aos 38 anos, em pouco mais de 20 anos Suba construiu uma carreira interessante e foi um artista essencial para tratar a harmonia de criações que juntam o folclórico e o local com bases e ambientações que se criam no eletrônico tornando a experiência musical extremamente sensorial. Aqui na Joaquim você encontra dois singles e o EP “Você Gosta” com remixes de Phil Usher com algumas músicas de “São Paulo Confessions”.

Alguns discos que Suba produziu nos anos 90

Tanto Tempo, de Bebel Gilberto

Tanto Tempo, de Bebel Gilberto

Marina Lima - Pierrot do Brazil

Marina Lima – Pierrot do Brazil

mestreambrosiofua

Mestre Ambrósio – Fuá na Casa de Cabral

7 feira Arnaldo Antunes  o Silencio

Arnaldo Antunes – O Silêncio

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: